Entregar bons resultados, em um curto espaço de tempo, é um desafio para os gestores de projeto.

Diante do ritmo acelerado, marcado pela alta competitividade bem como desenvolvimento de tecnologias, os serviços de software precisaram se adaptar a essa velocidade.

Nesse contexto, surgem os métodos ágeis, entendidos como meios usados para acelerar o ritmo dos processos de desenvolvimento de software.

Uma dessas metodologias é a Scrum, que facilita na gestão de projetos em qualquer área ou setor, melhorando os resultados do negócio.

Você sabe como utilizar essa ferramenta para o desenvolvimento ágil dos projetos? Ainda não? Então acompanhe os tópicos que separamos, para você entender como o método Scrum pode agilizar a produtividade de sua empresa.

  • O que é a metodologia Scrum
  • Como funciona
  • Benefícios e como utilizar


O que é a metodologia Scrum

Criada pelos desenvolvedores Ken Schwaber e Jeff Sutherland, a metodologia Scrum é um framework utilizado, geralmente, por desenvolvedores de softwares e sistemas. Contudo, pode-se utilizar a metodologia em qualquer área.

Jeff Sutherland no livro Scrum: a arte de fazer o dobro de trabalho na metade do tempo, afirma que, através da metodologia, é possível alcançar maiores objetivos com menos tempo, poucas pessoas e recursos, mas melhor qualidade.

Assim, a base do Scrum consiste em equipes pequenas e multidisciplinares, com feedbacks constantes e colaboração de todos.


Como funciona

O método funciona com princípios essenciais para que o trabalho flua de maneira simples.

Cada membro da equipe tem suas tarefas definidas, ou seja, atuam de maneira autônoma, sem cobranças externas constantes.

Nesse contexto, existem três papéis centrais: Product Owner, Scrum Master e o Time Scrum.

  • O Product Owner é stakeholder do negócio. É quem comunica à equipe os objetivos que o projeto deve atingir.
  • O Scrum Master lidera o processo agindo como facilitador, isto é, ajudando a equipe a entender os valores e táticas aplicadas.
  • O Time Scrum é a equipe multidisciplinar, responsável pelo desenvolvimento bem como entrega do projeto.


A visão inicial do Product Owner, sobre o produto, é o que dá início ao projeto, através de um planejamento.

Em seguida, o planejamento se divide em uma lista chamada de Product Backlog, baseada nas funcionalidades do produto.

Nesse processo, são definidas as prioridades para que o projeto seja dividido em ciclos, os Sprints, com duas a quatro semanas de duração.

A partir de então, são feitas as reuniões diárias, em que cada envolvido pontua o que fez, os empecilhos que surgiram e quais serão as tarefas do dia seguinte, até que o produto seja entregue.


Benefícios e como utilizar

Os principais benefícios de trabalhar dessa forma é a propensão à inovação, transparência a cada etapa do projeto, feedback constante, eficiência e a qualidade do produto. Evitando que o resultado do projeto seja visto apenas no final do cronograma, com possíveis frustrações pela falta de comunicação.

Para implementar o Scrum, é importante montar uma equipe multidisciplinar, bem como planejar o Sprint organizando todo o processo. Na UBISTART o time é composto por:

  • Analista de Negócios: profissional que mais interage com o Product Owner (cliente);
  • Líder Técnico: profissional responsável pelo time de desenvolvimento;
  • Designer UX/UI: faz o layout e usabilidade da plataforma;
  • Desenvolvedores: podem ser frontend, backend e mobile, para desenvolvimento de portais, sistemas e aplicativos.

Na UBISTART, o Scrum Master é um papel divido entre o Analista de Negócios e Líder Técnico, trazendo mais multidisciplinariedade de perfil.


Além do time, as reuniões diárias são essenciais para analisar o que pode ser melhorado, com uma visão clara das etapas para entrega.

Da mesma forma, o feedback garante que os colaboradores possam melhorar habilidades ou enfatizar pontos fortes da execução.


Em resumo, para aplicar a metodologia Scrum em outras áreas, como comercial, marketing, operação da empresa entre outras, é preciso focar em:

  • Interações diárias para analisar problemas e resolver rápido;
  • Entregas e metas curtas (quinzenais) para que o termômetro de resultados e performance possa ser avaliado;
  • Uma equipe com habilidades mistas para alcançar o objetivo em comum;
  • Um gestor principal, para remover empecilhos do time e um profissional que assuma a visão do cliente, a fim de trazer melhorias e dores;
  • Um ambiente transparente onde todos tenham voz, para que a colaboração aconteça de forma fluída.


Gostou da metodologia Scrum? A ubistart é expert em traçar estratégias para uma metodologia ágil e dinâmica para seu negócio. Fale conosco! Estamos te esperando com a melhor solução!